News
Loading...

Linda Martini no festival do Monte Verde 2016


A banda portuguesa Linda Martini são mais uma das apostas para o cartaz do festival Monte Verde, que decorre de 11 a 15 de Agosto na Ribeira Grande em São Miguel Açores, a banda sobe ao palco no dia 13 de Agosto.


Os Linda Martini nasceram em 2003 e são uma banda de rock. Da sua formação actual fazem parte 4 dos seus 5 membros fundadores – André Henriques, Cláudia Guerreiro, Hélio Morais e Pedro Geraldes.

Desde a edição do primeiro EP, em Janeiro de 2006, que a banda tem sido bastante acarinhada, quer pelo público, quer pela imprensa musical e promotores. Prova disso mesmo, são as várias distinções de “disco do ano” para os leitores da Blitz, a presença e espaço de antena constantes nos principais veículos de comunicação e a presença assídua nos festivais de grande dimensão e queimas das fitas.

Em 2006, o single “Amor Combate” foi considerado o single do ano pelo Henrique Amaro da Antena 3 e, no mesmo ano, o disco de estreia – “Olhos de Mongol” - é distinguido como “disco do ano” para os leitores da revista Blitz.

Em 2008 a banda edita um EP em vinil, exclusivamente, e esse mesmo disco é considerado o “segundo disco do ano” para os leitores da revista Blitz.

2009 é ano de reedição do álbum de estreia – “Olhos de Mongol” - em conjunto com o primeiro EP – “Linda Martini” -, ambos esgotados há muito. É também o ano em que a banda é convidada a fazer um disco gravado ao vivo, pela Optimus Discos, até hoje esgotado e um dos discos com mais downloads do ciclo de edições desta nova editora.

Em 2010 é editado o segundo longa duração – “Casa Ocupada” - , disco que eleva a banda para um outro patamar, arrancando nova distinção de “disco do ano” para os leitores da Blitz e merecendo os mais rasgados elogios das pessoas do meio, como Pedro Ramos (Radar), Henrique Amaro (Antena 3) e Zé Pedro (Xutos & Pontapés), a título de exemplo.

No ano em que a banda comemorou 10 anos, editou o seu terceiro longa duração – “Turbo Lento” -, pela Universal Music Portugal, disco que foi considerado “disco do ano” para os leitores da Blitz. Foi este mesmo disco que levou a banda a ser capa do Ípsilon e editora convidada da revista Blitz. Nos concertos de apresentação, a banda encheu a sala 1 do Hard Club, no Porto, e a sala tejo da MEO Arena, em Lisboa. O disco entrou directamente para número 2 da tabela de discos mais vendidos da AFP e chegou a número 1 no iTunes e no Spotify, em Portugal.

No dia 31 de Maio de 2014 participaram numa homenagem a António Variações no Rock in Rio Lisboa, juntamente com outros nomes da música Portuguesa como Deolinda e Gisela João.

No inicio de 2015, a banda anunciou na sua página do facebook uma reedição dos seus trabalhos, até ao álbum Casa Ocupada em CD e em Vinil bem como uma série de espectáculos em Vila Real, Guarda, Aveiro e Lisboa, durante o mês de Março, para as promover.

Em Novembro do mesmo ano, a banda anunciou o próximo trabalho, Sirumba, a ser lançado no 1 de Abril de 2016, quase dois anos depois do último trabalho e treze anos do inicio do projeto, seguido de um concerto no Coliseu de Lisboa no dia 2 de Abril.


Share on Google Plus

About Rui Medeiros

Aqui no Azores Festivals, você poderá encontrar todas as novidades e informações que decorrem nas ilhas dos Açores, como festas, festivais de música, Teatro, Exposições, Arte etc. Se por acaso gostar de alguma tema que não esteja mencionado neste blog, nós teremos todo o prazer de o divulgar aqui! Para isto basta que entre em contato connosco através do nosso email: rmcdm@msn.com, ou da nossa página de contato.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Enviar um comentário